28 setembro 2009

São Raimundo Garante o acesso

A Série D do Campeonato Brasileiro consagrou neste domingo o acesso das suas primeiras equipes à terceira divisão do futebol nacional. Quatro times, de quatro regiões distintas do Brasil, comemoraram a promoção: São Raimundo (Pará-Região Norte), Macaé (Rio de Janeiro-Região Sudeste), Chapecoense (Santa Catarina-Região Sul) e Alecrim (Rio Grande do Norte-Região Nordeste).

Equipe mais próxima do acesso, especialmente depois da vitória na primeira partida por 2 a 1 fora de casa, a Chapecoense perdeu pelo placar mínimo para o Araguaia, do Mato Grosso, em Chapecó, mas garantiu uma vaga na semifinal da quarta divisão, além de um lugar na Série C da próxima temporada. Valtinho, aos 32min do segundo tempo, fez o único gol da partida.
Também vencedor no primeiro jogo, o Alecrim segurou um empate por 1 a 1 com o Uberaba, no estádio Machadão, e sequer precisou dos critérios de desempate para subir de divisão. Em uma partida movimentada, Maurício Pantera, de cabeça, abriu o placar para os mandantes aos 42min da segunda etapa. O empate, que não alterou em nada na classificação, veio apenas nos acréscimos, com Danilo.
O "polêmico" Tupi (Minas Gerais), envolvido em um imbróglio no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com o Sergipe, que reivindicava o lugar dos mineiros nesta fase, acabou eliminado neste domingo. Atuando no Rio de Janeiro, o alvinegro foi derrotado por 2 a 1 pelo Macaé, garantido na Série C pelo critério de gols marcados fora de casa, devido ao fato de ter perdido por 3 a 2 na primeira partida.


Encerrando a rodada decisiva da quarta divisão, o surpreendente São Raimundo teve um protagonista no filme sobre a subida à Série C em 2010: Michel. Com dois gols do jogador, a equipe paraense derrotou o Cristal, do Amapá, pelo placar de 2 a 0 e conquistou a vaga.
Nas semifinais, a Chapecoense terá pela frente o Macaé, enquanto o Alecrim encara o São Raimundo. As datas e horários das duas partidas ainda serão definidos pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).
Gazeta Press
Postar um comentário