05 dezembro 2009

Liedson acredita no selecionado







Por abola.pt

O avançado Liedson, do Sporting, não considera que o Grupo G, do Brasil, Costa do Marfim e Coreia do Norte, é «bastante acessível» e que acredita na possibilidade da Selecção Nacional seguir em frente no Mundial.

«Sem dúvida que será diferente. Estou feliz por ter o Brasil nesta fase e não acho que seja o grupo da morte. É bastante acessível, temos plenas condições de passar, mas é claro que temos de estar concentrados, porque sabemos que no mundial todos os jogos são difíceis, com pouco golos», afirmou Liedson, em declarações à RTP.

O facto de Portugal defrontar primeiro a Costa do Marfim, depois a Coreia do Norte e somente no terceiro e último jogo o Brasil como uma vantagem para a Selecção Nacional: «É uma vantagem que nos temos de enfrentar o Brasil só no último jogo, mas temos de estar concentrados em todos e nós sabíamos que independente do grupo que saísse ia ser difícil.»

Liedson terá a oportunidade de defrontar o Brasil, o seu país natal, mas com a camisola de Portugal: «Não tenho nada a provar a ninguém. Apenas tenho de fazer o meu trabalho e agradeço muito à Selecção Nacional e ao país por tudo aquilo que conquistei e o carinho que tenho recebido. Espero retribuir com o meu trabalho.
Postar um comentário