22 janeiro 2010

Fred defende paradinha nas cobranças de pênalti

Fred abriu sua contagem de gols em 2010 em duas cobranças de pênaltis, ambas com paradinha, e saiu em defesa do recurso que utilizou. O atacante do Fluminense, que inicialmente projetara fazer 60 gols no ano, também disse que essa conta não é exata e que, independentemente de número, sua missão é balançar as redes em todas os jogos.

"Treino muito as cobranças de pênaltis. A paradinha é um recurso, pois o jogador sofre o pênalti em uma situação que poderia marcar o gol. O cobrador, então, tem que ter um benefício para enganar o goleiro. É mais do que justo e sou contra a proibição", afirmou o atacante, referindo-se à restrição sugerida pela Fifa.

Ao ser questionado se com os dois gols de ontem restavam 58 para atingir sua meta, Fred deu uma nova versão para sua ambição em 2010. "Quando falei que marcaria 60 gols, foi mais para desviar o foco do que acontecera com o nosso time no ano passado. Quero marcar em todas as partidas, podem ser 40, 50 ou 90", acrescentou o jogador.Terra.com

Se fosse ele que estivesse debaixo das traves, tenho certeza que nao estaria contente com nenhum tipo de paradinha. acho injusto. 

 
Postar um comentário