17 fevereiro 2010

Champions League: AC Milan 2 vs 3 Manchester United ,o Manchester United espantou o ‘fantasma’ do San Siro

Em um jogaço, o Manchester United espantou o ‘fantasma’ do San Siro e bateu o Milan na casa do adversário por 3 a 2 nesta terça-feira, pelo jogo de ida das oitavas de final da Champions League, ficando próximo da vaga. Os ingleses nunca haviam marcado um gol sequer na casa do adversário e já tinham sido eliminados por três vezes na competição europeia.

Dessa forma, o time italiano terá uma tarefa inglória no jogo de volta, em Old Trafford, no dia 10 de março. Os italianos precisarão repetir o placar sofrido em casa para levarem o confronto para a prorrogação ou vencerem por pelo menos dois gols de diferença para irem às quartas de final.
O time mandante dominou boa parte do jogo e abriu o marcador logo aos 2 minutos de partida com Ronaldinho Gaúcho, que teve grande atuação. Depois de fazer o primeiro gol de sua história no estádio ‘rossonero’ com Scholes e empatar ainda no primeiro tempo, porém, o time inglês se ‘exorcisou’ na etapa final com o infernal atacante Rooney, autor dos outros dois gols, e virou o jogo. Quando a fatura parecia encerrada, Seedorf fez um golaço no finalzinho.

O jogo

O Milan dominou todo o primeiro tempo e, enquanto defendia com segurança e dava poucas oportunidades ao adversário, criava muitas chances nas costas da defesa inglesa. Os visitantes permitiram que os ‘rossoneri’ chegassem com muita facilidade à sua meta.

Logo aos dois minutos do primeiro tempo, o lateral esquerdo Evra tentou afastar bola da área de bicicleta após falta de Beckham e lançou no peito de Ronaldinho Gaúcho. O brasileiro dominou e bateu de primeira, contando com desvio de Carrick para abrir o placar.

Os italianos seguiram criando e quatro minutos depois, Ronaldinho ficou cara a cara com Van der Sar. Desta vez, foi impedido pelo goleiro holandês. O meia brasileiro voltou a levar perigo aos 17, quando pedalou em cima de Ferdinand e sofreu falta antes de entrar na área. O juiz não assinalou a infração. O primeiro momento de destaque do United surgiu em seguida. Rooney dominou na entrada da área e bateu com perigo à esquerda de Dida.

Os ingleses acertaram sua marcação depois da pressão inicial, mas tiveram que contar com a ausência de um adversário em campo – o lateral esquerdo Antonini recebia tratamento fora de campo - e com a sorte para igualar o marcador.

Aos 36, o meia Park aproveitou-se de espaço na esquerda e rolou para Fletcher, que cruzou rasteiro. Scholes furou a bola de direita, mas ela bateu na canela da canhota e ainda acertou a trave antes de entrar. No último lance de perigo do primeiro tempo, Ronaldinho se livrou de dois marcadores com bela finta e arriscou de longe. Van der Sar se desdobrou para espalmar.

Segundo tempo

O segundo tempo começou com Van der Sar tendo que trabalhar duro novamente. Aos seis minutos, Pirlo bateu forte em cobrança de falta de longa distância e o arqueiro do United fez bonita defesa no seu ângulo direito. Oito minutos depois, Gaúcho tocou colocado da entrada da área e voltou a parar em boa defesa do rival.

O Milan continuava pressionando. Mas aos 20 veio o castigo, da cabeça de Wayne Rooney, que dois minutos antes havia se livrado de receber o segundo amarelo e ser expulso por pisão na perna de Thiago Silva. O equatoriano Valencia, recém-colocado no jogo, cruzou da direita e Rooney subiu mais alto que Bonera para virar o jogo

A partir do segundo gol, os donos da casa se desencontraram em campo. O United jogava no contra-ataque e parecia mais próximo de ampliar o marcador. Dito e feito. Oito minutos depois, Fletcher cruzou da esquerda e Rooney subiu livre no meio dos zagueiros italianos para fazer outro gol de cabeça.

O alento milanês veio aos 39, em golaço. Ronaldinho Gaúcho fez jogada individual pela esquerda e tocou para Seedorf – substituto de Beckham no segundo tempo -  fazer de letra. O time da casa ainda tentou empatar empurrado pela sua torcida, mas nem a expulsão de Carrick nos acréscimos foi suficiente para tirar a vitória dos ingleses.

FICHA TÉCNICA
MILAN 2 X 3 MANCHESTER UNITED


Local: Estádio San Siro, Milão, Itália
Data: 16/02/2010
Horário: 17h45 (Horário de Brasília)
Árbitro: Olegário Benquerença (POR)
Auxiliares: José Manuel Silva Cardinal e Bertino Miranda (POR)
Gols: MILAN: Ronaldinho, aos 2min do 1° tempo, e Seedorf, aos 39min do 2° tempo
UNITED: Scholes, aos 36min do 1° tempo, e Rooney, aos 20 e 28 min do 2° tempo
Cartões amarelos: Rooney (UTD) Ronaldinho (MIL)
Cartão vermelho: Carrick (UTD)

MILAN: Dida; Bonera, Nesta, Thiago Silva e Antonini (Favalli); Beckham (Seedorf), Pirlo; Pato, Huntelaar (Inzaghi) e Ronaldinho
Técnico: Leonardo

MANCHESTER UNITED: Van der Sar; Rafael (Brown), Ferdinand, Evans e Evra; Nani (Valencia), Fletcher, Carrick, Scholes e Park; Rooney
Técnico: Alex Ferguson

Postar um comentário