12 fevereiro 2010

Fabrício de volta a Curuzu



Fabrício, aquele mesmo que quando o time mais precisava dele,em 2008, se mandou da Curuzu, deixando os adeptos a chuparem pirulito de alho. Na epoca Fabrício fez o que pode para sair e foi atendido, sua venda ate' hoje, e' um assunto cercado de suspeitas numericas.

foi embora em cima de um discurso igual ao da maioria dos boleiros, queria fazer sua inependencia financeira, jogar na Europa e potocas mil...

No Bursaspor, da Turquia deu uns miseros chutes e alegando a manchada historia da adptacao e de ser escalado em posicao deferente da sua, deixou os Turcos urrando..e se mandou para a Tomé-Açu.

Na cidade Natal, alem das peladinhas animadas dos fim de tarde, Fabrício arrumava tempo para fazer bobagens. Tem uma acusacao de estupro nas costas, alem de ter sido pego, dirigindo sem habilitacao. vida entendiada essa a do bad boy de Tomé-Açu.

Fabrício apareceu do nada, jogando no poderoso Boa Vista(RJ) e alterando o banco com algumas esporadicas entradas ia levando sua vidinha por Saquarema. Mas mais uma vez o cara nao se adaptou, ao clima,relva, e sabe la' mais o que...

O Paysandu depois de segurar um empate titanico contra o poderoso Potyguar, pela Copa do Brasil, anunciou o novo "reforco".

Fabrício aos 23 anos pode estar de frente com sua ultima chance de querer realmente algo, caso contrario, sera' mais um jogador eternamente disponivel, a rodar pelos times nanicos da capital e do interior Paraense.
Postar um comentário