05 agosto 2010

Chivas vence Universidad do Chile, e garante brasileiro no Mundial

LANCEPRESS!
O Chivas está na final da Libertadores. Os mexicanos bateram a Universidad de Chile por 2 a 0 nesta terça-feira, na casa do adversário, após empate em 1 a 1 na primeira partida. Eliminado nas semifinais por duas vezes (em 2005 para o Atlético-PR; em 2006 para o São Paulo), o Chivas vai enfrentar novamente um brazuca, desta vez na final: São Paulo e Internacional decidem nesta quinta-feira quem fará a final do torneio continental.
O time que decidir a Libertadores com o Chivas já estará automaticamente classificado para o Mundial de Clubes. Isso porque os mexicanos só conseguem vaga para o Mundial em torneios da Concacaf


FICHA TÉCNICA
UNIVERSIDAD DE CHILE 1 x 2 CHIVAS-MEX

Local: Estádio Nacional, em Santiago-CHI
Data: 3 de agosto de 2010, terça-feira
Horário: 22h15 (de Brasília)
Árbitro: Juan Soto (VEN)
Assistentes: Luis Sánchez e Jorge Urrego (ambos da VEN)
Cartões Amarelos: Omar Bravo e Mejía (Chivas); Manuel Olivera (Universidad)

Gols: CHIVAS: Xavier Báez, aos 22 minutos do primeiro tempo e Edgar Mejía, aos nove minutos do segundo tempo.
UNIVERSIDAD DE CHILE: Miguel Pinto; Matías Rodríguez, Rafael Olarra (Eduardo Vargas), Mauricio Victorino e Manuel Rojas (Ángel Rojas); Felipe Seymour, Manuel Iturra, Edson Puch e Raúl Contreras (Diego Rivarola); Walter Montillo e Manuel Olivera
Técnico: Gerardo Pelusso

CHIVAS-MÉX: Luis Michel; Mario de Luna, Héctor Reynoso, Jonny Magallón e Miguel Ponce; Xavier Báez, Patricio Araujo, Edgar Mejía e Adolfo Bautista (Davila); Marco Fabián (Solís) e Omar Bravo (Vázquez)
Técnico: José Luis Real



Postar um comentário