02 dezembro 2010

Castanhal 2X0 Tuna Luso- triste resenha da estre'ia


do Portal ORM
Antonio Cicero/ do Fotoarena


Com dois gols de Helinho - artilheiro do campeonato -, o Castanhal fez o seu dever de casa e derrotou a Tuna, por 2 a 0, ontem à noite, no estádio Maximino Porpino, em Castanhal. O jogo fechou a rodada inicial da primeira fase do Paraense. Com o resultado, o Japiim assumiu a liderança da competição, que classificará dois dos oito times disputantes à elite do futebol local. As equipes terminaram o jogo com dois jogadores a menos, cada uma. Foram expulsos Flamel e Ricardo Capanema, pelo Castanhal, e David e Euller, pela Lusa.

O Castanhal começou o jogo pressionando o adversário, que não conseguia sair da defesa. A pressão acabou surtindo efeito aos dez minutos. Branco deu um corte em Hugo Deleon e cruzou a bola na área. Helinho subiu mais que a defesa e testou para a rede, abrindo o placar. Mesmo em vantagem, o Japiim não mudou sua postura e seguiu forçando a defesa tunante. Aos 18 min por muito pouco Flamel não faz o segundo gol, após aproveitar passe de Helinho. O goleiro Cléber evitou o pior praticando difícil defesa.

A Lusa não conseguia articular suas jogadas, sendo dominada no meio-campo. A defesa alviverde batia cabeça, sobretudo o zagueiro Evair, que não falava a mesma língua dos outros zagueiros do time: Cristóvão e David. O Japiim aproveitava para pressionar o visitante.

Formado por jogadores de qualidade e experientes, entre eles Soares, Flamel e Helinho, o time do técnico Apeú mostrava bom entrosamento. A Lusa exibia deficiências, que terão de ser corrigidas pelo técnico Zé Carlos. Aos 34 min os jogadores Flamel e Euller foram expulsos, após trocarem "carinhos" em campo. Logo depois foi a vez de Ricardo Capanema e David irem para o chuveiro mais cedo por terem discutido. O último grande lance do primeiro tempo ocorreu em chute do atacante Branco, defendido pelo goleiro Cléber.



As equipes retornaram para o segundo tempo com as mesmas formações da primeira etapa. A lusa voltou um pouco melhor, buscando o empate. Mas os alviverdes não finalizavam bem as jogadas de ataque. O Japiim não tinha a mesma força ofensiva do começo do jogo, cedendo espaço ao adversário. Mas não demorou para o time da casa equilibrar as ações até conseguir pênalti, aos 25 min, cometido por Hugo Deleon. 
Helinho cobrou e aumentou o placar: 2 a 0. O atacante assumiu a artilharia do campeonato. A partir daí o Japiim levou o jogo no "banho maria" até o seu final. 




Castanhal

Ângelo; Thiago Gaúcho, Neném, Preto Barcarena e Souza; Ricardo Capanema, Paulinho 47, Soares (Iraílson) e Flamel; Helinho (Maílson) e Branco.
Técnico: Luis Carlos Apeú.



Tuna Luso
Cléber; Cristovão, David, Evair, Hugo Deleon (Cledir) e Fininho; Euller, Pituta (Joel), Japonês (Analdo); Júnior e Jaílson.
Técnico: Zé Carlos



Cartões amarelos: Flamel (Castanhal) e Cristóvão (Tuna) Cartões vermelhos: Euller, David (Tuna Luso), Flamel e Ricardo Capanema (Castanhal)
Local: Maximino Porpino Filho (Castanhal)

Renda: não divulgada

Público: não divulgado
Árbitro: Joquetan M. Guimarães

OS GOLS
Castanhal 1 a 0: Helinho aos 10’/1º tempo
Castanhal 2 a 0: Helinho aos 25’/2º tempo (pênalti)

Postar um comentário