25 maio 2011

Fila por emprego no Fielzão

Não se trata de ficar tirando uma com os curintianos, mas nos últimos meses o lugar onde provavelmente será construído o estádio corintiano, tem formado um aglomerado crescente de trabalhadores que buscam uma vaga no projeto.


Outro dia li que  falta mão de obra para a construção civil no Brasil todo. no caso corintiano se tornou o inverso. tem sobras.


A grande obra corintiana segue sendo uma grande incógnita. Por hora o presidente André Sanches -cara de ralo- nao vai mais falar em datas. Melhor neh!


As obras na zona leste podem gerar cerca de 2 mil empregos entre diretos e indiretos e promete evolucionar Itaquera.


Postar um comentário