23 junho 2011

O Rei Neymar




Biriba e Dolores se conheceram em uma cidadezinha na Espanha.

Namoraram,noivaram e casaram..fizeram tudo certinho, foram morar no Brasil.

Dolores nunca entendeu a paixão de Biriba pelo futebol. E mesmo vivendo ha anos no Brasil, pouco ou nada aprendeu do futebol bretão, tão amado em terras brasileiras.

Ela e todos que os cerca sabe que Biriba não tem nenhuma habilidade com a mesma e sequer tem fotos com uma redondinha ao lado.

Acostumada a ser trocada por noite,sábados e domingos pelo amado peixe do marido,procurava nessas horas se dedicar as costuras.

Na noite desta quarta não foi diferente.

Acompanhara desde o inicio da semana os intenso momentos vividos pelo marido.

Biriba nao tem essas coisas de mandiga e nunca faz promessas por seu amado peixe.

Biriba saiu cedo de casa, cumpriu o ritual de sempre. Ingressos,celular,dinheiro pro transporte ,pra cervejinha pos jogo.. e escolheu qual das tres camisetas iria usar.

Se despediu de Dolores com um largo beijo e prometeu que na volta estaria com uma terceira estrela no peito.
Mesmo falando fluentemente o português, Dolores ainda se bate para entender alguns significados em pequenas frases, seja do marido ou de outra pessoa qualquer.

Inicio de jogo e Dolores foi para a sua companheira maquina, tendo a frente a TV.

Em nenhum momento o Peixe corria riscos e isto deixava Dolores aliviada, sabia que nestes momento, Biriba roía as unhas como nunca.

Não tomar gol- uma das frases mais repetidas durante a semana deixava Dolores tranquila ao termino do primeiro tempo.

Depois de um pito, acompanhado de um bom cafezinho, Dolores nem bem sentou e toma-te! Gol do Santos.

Foi uma imagem marcante para Dolores, Ver aquele menino chamado de Ganso tocar na bola de uma maneira nao muito usual, lhe assustou e ficou em sua retina.
-Não entendo como um menino que ate um dia destes andava doente, conseguia fazer aquela molequice.
Dolores também percebera o limpa de Arouca e ato final de Neymar.

Depois disso não conseguiu assistir mais nada, do pouco que entendia do tal regulamento, tantas vezes explicado por Biriba. Se sentia segura.

Foi ao google buscar algo que lhe ensinasse o que seria a tal "estrela" no peito.

Se empolgara com a pesquisa e na volta não percebera que o Santos enfiara o segundo gol com Danilo e que Durval em pleno suicídio havia posto os visitantes no jogo.

Dolores estava em uma missão Titanic , buscara as duas camisetas novinhas, e iniciava a costura mais feliz de sua vida iniciante de adepta.

A terceira estrela seria posta e quando Biriba chegasse teria uma grande surpressa, uma não! duas!
Biriba na verdade teve tres grandes gratas surprezinhas.

Quando entrou em casa rouco e trôpego como os diabos, deparou com Dolores toda prosa metida no manto sagrado e com a terceira estrela a brilhar nos peitos. De imediato foi intimado a trocar de camiseta e a bater uma foto histórica.


Não se conteve e as lágrimas caíram, Biriba agarrado a Dolores lhe confessa que o Rei estava no estádio e que temeu por ter o Rei..uma certa fama de..

Dolores ficou assustada com tudo aquilo e de imediato respondeu.

-Tais doido! imagina se Neymar estivesse fora. Jamais teria bordado  a terceira estrela.

-Mas amorrr...

= Calado! vai pro banho tirar um pouco desse álcool. O peixe ganha uma nova adepta  , um tri Maravolhoso a caminho de um Mundial e tu  a falar tonterias..


Postar um comentário