27 junho 2011

O drama dos milionários - ( Belgrano 1 vs River 1 Plate)




Do TASQUINHA


Uma tarde de domingo para nunca mais esquecer. Seja pelo resultado na relva, mas como também pelo estrago ao redor do estadio, o bairro de Núñez.

O River Plate tem sido o time que mais ganhou campeonatos na Argentina. 33 canecos.

E no meio das lágrimas de sua hinchada e jogadores ,desceu ao inferno da segunda divisão na Argentina.

 "nesta tarde, cueste lo que cueste, tenemos que ganar!"


Frases de desespero vindo das bancadas e que invadiam os ouvidos de uma onzena atordoada.

Não foi um ano ou dois que fizeram os milionários a chegarem ao fundo, quase uma década de ma gestão e dividas acumuladas provocaram o caos e que ontem acabou implodindo o Monumental.

Evidente que o time do River deve custar uma 1ox mais que o do Belgrano da Província de Córdoba Depois de perder por 2-0 no jogo de ida, entrou na relva precisando vencer por uma diferença de três gols. Acabou no empate de 1-1.
Havia quase 50 mil adeptos dos Milionários nas bancadas e pouco mais de 2.500 cordobeses do Belgrano. Uma distância quilométrica que separa as duas equipe.

O inverno austral da Argentina se misturou no meio dos hinchas do River, que desesperados pensam que o fim do mundo chegou.

A onda de violência não vai dar em lugar nenhum, inocentes foram feridos por uma paixão doentia e totalmente descabida.

O futebol argentino vem sofrendo muitos baques e quase não são perceptíveis, com os milionários na lona posso acreditar que eles acordem e passe a olhar de uma forma mas responsável seus dirigentes.

 Alguem ouviu falar do Boquita, da Bombonera???

Tramontina e Petrobras estiveram presente nos estragos, as duas marcas brasileiras através das camisetas do River Plate e de muitas placas pelo Monumental ,chegaram ao mundo midiatico da pior forma.

Uma dia pra nunca esquecer, 26 de junho de 2011.
Mas não pensem que muitos de nossos clubes  que se consideram grandes e protegidos por todos os lados, não venham a passar por igual dificuldade.

O dinheiro quando mal empregado castiga. A farra feita pelos gestores dos clubes brasileiros pode estar com os dias contatos. Quem viver verá.



|

   








Postar um comentário