21 outubro 2011

Andrade chega para assumir o comando do Paysandu

Andrade é apresentado ao Papão e diz que vai 'cobrar muito' 


Após três dias de negociação e outro de bate-papo, o técnico campeão brasileiro da Série A de 2009 com o Flamengo, Andrade, foi apresentado na manhã desta sexta-feira (21) à imprensa e, logo depois, seguiu para o gramado para acompanhar um treino coletivo que aconteceu ainda sob o comando de Lecheva. Em entrevista coletiva, Andrade foi enfático ao falar sobre o time: 'São dois jogos decisivos e eles têm que marcar o nome no clube com uma coisa boa, assim como eu. Vou cobrar muito, mas tive uma ótima impressão do grupo que temos nas mãos'.

Ainda durante a entrevista, Andrade revelou que resolveu aceitar o convite do presidente do Paysandu para assumir o time alviceleste nesta reta final da Série C porque teve uma grande recomendação do amigo e ex-vice-diretor de futebol do Flamengo, Marcos Braz, que saiu do rubronegro junto de Andrade após polêmicas com a atual presidente do clube, Patrícia Amorim.


Andrade e o auxiliar técnico Júlio Camargo, que foi auxiliar de Caio Júnior no Botafogo (RJ) e chegou a ser técnico do Grêmio (RS) logo após a saída de Renato Gaúcho, chegaram com o discurso de união. Andrade, aliás, ainda conversou com alguns torcedores e garantiu que vai analisar cada um dos atletas para colocar o melhor time em campo na próxima rodada da Série C.




A missão da dupla que segue com o apoio de Lecheva é a de conseguir, enfim, o esperado acesso à Série B. Isto já poderá acontecer nesta quarta-feira (26) em caso de uma vitória bicolor sobre o Rio Branco (AC), no Mangueirão, em Belém, e o empate ou vitória do CRB (AL) sobre o América (RN), no domingo (30), em Maceió, em Alagoas.




Mas vale lembrar que está previsto para hoje o julgamento pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) do pedido do Luverdense (MT) para voltar à competição no lugar do Rio Branco, que é acusado de infringir o CBD (Código Brasileiro de Desportos) por acionar a Justiça comum ao invés de ir na Desportiva para retirar uma decisão que interditava o estádio Arena da Floresta, ainda na primeira fase do campeonato.
Postar um comentário