11 maio 2012

Vasco bate Lanús em La Fortaleza

Se os secadores do urubu achavam que o Vasco iria vender seus vinte dias de ferias ontem, se enganaram.

Antes da bola rolar haviam uma acao guerrilheira contra o nosso técnico, Cristovão Borges. Ele escalou Nilton de cara.

Foi um deus nos acuda nas cabines das rádios, sites e etc.... eu acreditei

La Fortaleza não era tao resistente assim, Nilton foi la e mandou uma trivela invocada e pós uma batata quentíssima na boca dos secadores e de muitos adeptos metidos a fazer leitura de futebol.

Tremi quando Carlos Alberto perdeu duas bolas no meio de campo, a bobeira quase nos crucifica.

Nos penais, Cristovão Borges usou a faca com uma delicadeza exemplar.
 
Felipe, Juninho, Carlos Alberto, Renato Silva e Alecsandro a cada penal convertido, derrubavam as paredes de La Fortaleza. Foi uma festa, dia pra tomar o vinho com brilhos nos olhos.
Vasco, o verdadeiro timão da Libertadores.





Postar um comentário