31 agosto 2012

Ganso vira mercenário e leva a culpa pela peia sofrida dos baianos em casa

Dizem que o Ganso jogou dos 7 aos 14 na Tuna e depois um pouquinho no Paysandu..nao deixou nada que as duas equipes pudessem aproveitar. Nada! se mandou segundo dizem na calada da noite e foi para a baixada..nao a da Pedreira, mas a baixada Santista.

La da noite para o dia virou o novo Zidane. A imprensa da Paulicéia desvairou e ele se tornou a ultima jóia da Vila.

Depois veio o selecionado canarinho e mil e umas noites de amor.mas quando o futebol foi sumindo por causa de suas operacoes e suas pertubacoes por conta de transferencias que nunca se concretizaram....tudo cambiou.

 O Ganso virou um peixe frito e por gente que era para cuidar dele. o presidente Santista nao teve o menor cuidado de esconder o quanto metia de óleo na frigideira para que Ganso fosse tostado de maneira lenta, mas com esperteza.
Ganso e seus agentes nao se deram conta do quanto foram juvenis e a situacao piorou dia apos dia.
 Nao existe ninguém da "grande" imprensa que escreva algo ou fale com um certo cuidado da situacao de Ganso e também nao há por parte da maioria dessa gente um gesto de carinho.

Ganso precisa provar que nao esta bichado e somente se preocupar em voltar a jogar bola.

Esta semana toda,escutei o gago do PVC..aquele chato da ESPN descer o pau no Ganso...falava como se soubesse coisas que eu e nem tu soubesse..engasgado em sua sabedoria o homi tava impossível..argh!

Em uma velocidade de trem bala, Ganso deixou de ser Zidane para ser tratado como um manelzinho qualquer.

Realmente os negócios do mundo da bola são capazes de destruir todo e qualquer cidadão que não saiba fazer a leitura exata dos Reai$$$  intere$$e que envolvem essa simbiose maldita.
Postar um comentário