16 janeiro 2013

Ufa! Foram batizados

Dos onze jogadores na equipe remista,havia apenas o cabano Endy. Um grupo totalmente constituidos de estrangeiros e que ao que parecem,estao dispostos a comer grama.

Nao precisa fazer um retrospecto de todo o sofrimento azulino.

Independente de onde estão ,a torcida segue acreditando e deram demonstrações disso. Primeiro ficaram de olhos pregados no céu para apreciar o espocar dos fogos a saudar o novo time.

Depois se preocuparam com o aparente entrosamento do Cuiarana e na virada de tempo ,o  magro 1 x 0 ,virou uma goleada de euforia. O medo da estréia acabou em gritos que ecoaram nos arredores do Baenao.

Val Barreto meteu a bota na redonda ,vazando o guarda redes do time de Salinanopolis. os velhos alambrados do Baenao sentiram o tranco da louca comemoração . saiu como um novo herói .

Quinta tem mais ...diziam alguns adeptos totalmente movidos pelo momento etílico que a vitoria causou.. Somente nao podem esquecer que quinta  a noite , o jogo vai ser contra a Tuna Luso Brasileira e aí o licor pode ser entornado.

O clássico promete,Hein! Pra mim essa pode ser uma boa hora para vencermos os leões .

Se em futuro bem próximo o santinha genérico ainda existir,aí esta a ficha técnica do jogo de seu batismo na primeira divisão do futebol Paraense.


Remo: Fabiano; Zé Antônio, Henrique e Carlinhos Rech; Tony, Nata,
Endy (Biro), Josy (Edilsinho); Branco (Val Barreto) e Fábio Paulista.
Técnico: Flávio Araújo

Santa Cruz-PA: Evandro; Léo Rosas, Roberto, Charles e Rayro; Mael, Lê
(Júlio César), Fininho e Soares; Jaílson (Joel) e Fábio Oliveira.
Técnico: Mário Henrique.

Árbitro: Edeval Augusto Ferreira Figueiredo
Assistentes: Luís Diego Nascimento Lopes e Rafael Bastos Cardoso
Cartões amarelos: Roberto e Léo Rosas (Santa Cruz); Fabiano (Remo)
Público: 12.000, sendo 10.950 pagantes e 1.050 credenciados
Renda: R$ 201.900,00


Postar um comentário