19 outubro 2013

As bombas da Curuzu

Com a proximidade do fim da temporada, as cenas explosivas se repetem de norte a Sul e independente da série. Nesta temporada e em outras passadas, a Curuzu nao tem vivido grandes glórias.Mas para uma parte dos adeptos e da grande maioria dos executivos bicolores, a Curuzu é um grande "caldeirão " a favor.
Uma hora esse caldeirão podia entornar,mas ninguem em momento algum se preocupou com esse pequeno detalhe.Com um time recheados de chutadores sem nenhuma habilidade,o azeite quente acabou espirrando nos próprios donos. Na relva o Paysandu fez o de sempre,jogou um primeiro tempo de domínio falso,sem meter nenhuma bola no time visitante.
Bastou Gilton entregar a carteira, para que a sensatez sumisse , se dentro da relva os jogadores sofriam de uma paralisia instantânea , nas bancadas uma pequena turba de falsos torcedores, se endiabrava e tentava invadir o gramado. O juiz nao apostou na segurança que lhe ofereciam e deu por encerrado o game, aos 35 do segundo tempo.
Laranjas,pedras e bombas foram arremessadas para dentro do relvado e no banco dos visitantes. Tudo devidamente registrado pelas câmeras de TV e fotógrafos. O Caldeirão com certeza teve sua ultima partida na temporada, provavelmente o clube ira ser severamente punido, em seus últimos jogos restantes no campeonato.
A reincidência tem feito parte na vida dos bicolores, que ja no inicio da temporada tiveram que jogar em Paragominas,dois jogos.
O jogo de empurra provavelmente irá acontecer. Os organizadores do jogo,irão alegar que a PM tinha um contigente pequeno, para o tamanho do evento, e etc... A polícia ira afirmar que tinha sim condições de garantir a seqüência do jogo...
Entre bombas e spray de pimentas, o Paysandu 0-2 Avaí ,acabou piorando o rumo do time, que segue em passos largos para voltar a estrada poeirenta da terceirona.
Quem ama ,nao mata. A paixão violenta de uma parcela cada vez crescente, vai aumentando as tristes estatísticas . Os amantes de verdade,irão seguir acreditando em uma revirada,que o amanhã vai ser diferente.ja os grandes executivos do clube,provavelmente tentarão mostrar o caminho do Mangueirão ,como a salvação da safra,tardiamente.
Postar um comentário