09 fevereiro 2014

Woody Allen VS Mia Farrow

Foto de Bernard Gotfryd




Deu na Carta Capital


******************

Existem basicamente duas questões em jogo: uma é o fato de Woody começar um relacionamento romântico/sexual com Soon-Yi Previn, filha adotiva de Mia, em 1991. Outra é a acusação de Mia – usada durante a batalha pela custódia dos três filhos que têm juntos – de que Woody molestara sua filha adotiva de 7 anos de idade. As pessoas tendem a confundir essas duas questões, então vamos examiná-las separadamente.

Primeiro, a situação com Soon-Yi:

Toda vez que me deparo com este tema na internet, parece que os mais indignados são também os que mais ignoram os fatos. A seguir estão os dez principais equívocos, seguidos por minha resposta em itálico:

1: Soon-Yi era filha de Woody. Falso

2: Soon-Yi era filha adotiva de Woody. Falso

3: Soon-Yi era filha adotiva de Woody e Mia. FalsoSoon-Yi era filha adotiva de Mia Farrow e André Previn. Seu nome completo é Soon-Yi Farrow Previn.

4: Woody e Mia eram casados. Falso

5: Wood e Mia moravam juntos. FalsoWoody morava em seu apartamento na Quinta Avenida, enquanto Mia e seus filhos moravam no Central Park West. Na verdade, em 12 anos, Woody nunca passou uma noite no apartamento de Mia.

6: Woody e Mia tinham uma união consensual. Falso. O estado de Nova York não reconhece a união consensual. Mesmo em estados onde reconhecem, o casal tem que morar junto alguns anos.

7: Soon-Yi via Woody como uma figura paterna. Falso. Soon-Yi via Woody como namorado da mãe. Sua figura paterna era seu pai adotivo, André Previn.

8: Soon-Yi era menor de idade quando ela e Woody começaram a relação.FalsoEla tinha 19 ou 21 anos. (Seu ano de nascimento na Coréia não foi documentado, mas acredita-se ser 1970 ou 1972).

9: Soon-Yi era meio retardada. Pois sim! Ela é muito inteligente, tem uma licenciatura na Universidade de Columbia e fala mais línguas que você.

10: Woody estava preparando Soon-Yi desde pequena para ser sua futura noiva. Oh, por favor!

De acordo com documentos judiciais e com o próprio livro de memórias de Mia, até 1990 (quando Soon-Yi tinha 18 ou 20 anos) Woody “tinha pouco contato com qualquer filho de Previn, menos ainda com Soon-Yi”, então Mia encorajou-o a passar mais tempo com ela. Woody começou a levá-la para jogos de basquete, e o resto é história de tabloide. Assim, ele dificilmente “estava de olho nela” quando era criança.

Deixe-me acrescentar o seguinte: se alguém fica assustado com a ideia de um homem de 55 anos envolver-se com a filha adotiva de sua namorada, de 19 anos, eu entendo. Isso faz todo o sentido. Mas por que não esclarecer os fatos? Se os fatos reais são tão repugnantes para você, então por que aumentá-los?

É compreensível que Mia tenha ficado furiosa com Woody pelo resto de sua vida. Se estivesse na posição de Mia, tenho certeza de que me sentiria da mesma maneira. (Embora provavelmente lidasse com isso como assunto privado, e não  twittando acusações de pedofilia, poucos minutos antes de twittar “omfg [oh my fucking god], olha para esse bebê panda”.) Também entendo a raiva latente de Ronan Farrow (nascido Satchel), autor das famosas frases sobre Allen, “Ele é meu pai casado com minha irmã. Isso faz de mim seu filho e seu cunhado. É uma tamanha transgressão moral”. Contudo, este dilema particular pode ser resolvido pelas revelações recentes de Mia, de que o pai biológico de Ronan pode “possivelmente” ser Frank Sinatra, com quem Farrow casou-se em 1966, quando ela tinha 21 anos e o cantor 50.

Enquanto estamos no assunto, uma palavra sobre Sinatra: dizer que Ronan pode “possivelmente” ser filho de Sinatra implica que Mia estava pulando a cerca com seu ex-marido décadas após o divórcio. Retroagindo à data de nascimento de Ronan, isso significa que Farrow e Sinatra se reencontraram em março de 1987, quando ela tinha 42 anos e o garanhão de olhos azuis, 71. Esse ponto desmonta o mito de que Woody e Mia tinham um relacionamento monogâmico idílico até Woody por tudo a perder em 1992, já que Mia estava aparentemente saindo com seu ex cinco anos antes. Se Mia estava apenas “brincando” com Sinatra, era uma coisa muito insensível de se dizer, considerando o fato de que a mulher de Sinatra, Barbara, ainda está bem viva. Será que Mia parou para pensar como suas “brincadeiras” podem ter sido recebidas pela viúva Sinatra? Isso também se encaixa na definição de Ronan “transgressão moral”? (Pode-se também perguntar se Woody tem uma fortuna a ser reembolsada da pensão para a criança.)

Não estou aqui para criticar Mia. Acho que é uma atriz excepcional e admiro seriamente seu ativismo político. (Até mesmo a sigo no Twitter.) Mas aqueles que odeiam Woddy “pelo que fez com Mia” hão de se lembrar que, se Sinatra é de fato o pai biológico de Ronan, não teria sido a primeira vez que Mia engravidou de um homem casado. Em 1969, aos 24 anos de idade, ela ficou grávida do músico e compositor André Previn, 40, que ainda estava casado com a cantora e compositora Dory Previn. A traição levou Dory Previn a um colapso mental e a ser internada, quando recebeu terapia de choque elétrico. Mais tarde ela escreveu uma canção chamada “Beware of Young Girls” [Cuidado com Jovens Meninas], sobre Mia. Talvez dormir com o marido de sua amiga não seja tão negativo como dormir com a filha adotiva de sua namorada, mas se você está agitando a bandeira “Never Forget” em homenagem a Mia, vamos ser consistentes e reservar um momento paralembrar também a falecida Dory Previn. (Ou, melhor ainda, vamos esquecer a coisa toda, considerando que não é da nossa conta).

******************

Existem basicamente duas questões em jogo: uma é o fato de Woody começar um relacionamento romântico/sexual com Soon-Yi Previn, filha adotiva de Mia, em 1991. Outra é a acusação de Mia – usada durante a batalha pela custódia dos três filhos que têm juntos – de que Woody molestara sua filha adotiva de 7 anos de idade. As pessoas tendem a confundir essas duas questões, então vamos examiná-las separadamente.

Primeiro, a situação com Soon-Yi:

Toda vez que me deparo com este tema na internet, parece que os mais indignados são também os que mais ignoram os fatos. A seguir estão os dez principais equívocos, seguidos por minha resposta em itálico:

1: Soon-Yi era filha de Woody. Falso

2: Soon-Yi era filha adotiva de Woody. Falso

3: Soon-Yi era filha adotiva de Woody e Mia. FalsoSoon-Yi era filha adotiva de Mia Farrow e André Previn. Seu nome completo é Soon-Yi Farrow Previn.

4: Woody e Mia eram casados. Falso

5: Wood e Mia moravam juntos. FalsoWoody morava em seu apartamento na Quinta Avenida, enquanto Mia e seus filhos moravam no Central Park West. Na verdade, em 12 anos, Woody nunca passou uma noite no apartamento de Mia.

6: Woody e Mia tinham uma união consensual. Falso. O estado de Nova York não reconhece a união consensual. Mesmo em estados onde reconhecem, o casal tem que morar junto alguns anos.

7: Soon-Yi via Woody como uma figura paterna. Falso. Soon-Yi via Woody como namorado da mãe. Sua figura paterna era seu pai adotivo, André Previn.

8: Soon-Yi era menor de idade quando ela e Woody começaram a relação.FalsoEla tinha 19 ou 21 anos. (Seu ano de nascimento na Coréia não foi documentado, mas acredita-se ser 1970 ou 1972).

9: Soon-Yi era meio retardada. Pois sim! Ela é muito inteligente, tem uma licenciatura na Universidade de Columbia e fala mais línguas que você.

10: Woody estava preparando Soon-Yi desde pequena para ser sua futura noiva. Oh, por favor!

De acordo com documentos judiciais e com o próprio livro de memórias de Mia, até 1990 (quando Soon-Yi tinha 18 ou 20 anos) Woody “tinha pouco contato com qualquer filho de Previn, menos ainda com Soon-Yi”, então Mia encorajou-o a passar mais tempo com ela. Woody começou a levá-la para jogos de basquete, e o resto é história de tabloide. Assim, ele dificilmente “estava de olho nela” quando era criança.

Deixe-me acrescentar o seguinte: se alguém fica assustado com a ideia de um homem de 55 anos envolver-se com a filha adotiva de sua namorada, de 19 anos, eu entendo. Isso faz todo o sentido. Mas por que não esclarecer os fatos? Se os fatos reais são tão repugnantes para você, então por que aumentá-los?

É compreensível que Mia tenha ficado furiosa com Woody pelo resto de sua vida. Se estivesse na posição de Mia, tenho certeza de que me sentiria da mesma maneira. (Embora provavelmente lidasse com isso como assunto privado, e não  twittando acusações de pedofilia, poucos minutos antes de twittar “omfg [oh my fucking god], olha para esse bebê panda”.) Também entendo a raiva latente de Ronan Farrow (nascido Satchel), autor das famosas frases sobre Allen, “Ele é meu pai casado com minha irmã. Isso faz de mim seu filho e seu cunhado. É uma tamanha transgressão moral”. Contudo, este dilema particular pode ser resolvido pelas revelações recentes de Mia, de que o pai biológico de Ronan pode “possivelmente” ser Frank Sinatra, com quem Farrow casou-se em 1966, quando ela tinha 21 anos e o cantor 50.

Enquanto estamos no assunto, uma palavra sobre Sinatra: dizer que Ronan pode “possivelmente” ser filho de Sinatra implica que Mia estava pulando a cerca com seu ex-marido décadas após o divórcio. Retroagindo à data de nascimento de Ronan, isso significa que Farrow e Sinatra se reencontraram em março de 1987, quando ela tinha 42 anos e o garanhão de olhos azuis, 71. Esse ponto desmonta o mito de que Woody e Mia tinham um relacionamento monogâmico idílico até Woody por tudo a perder em 1992, já que Mia estava aparentemente saindo com seu ex cinco anos antes. Se Mia estava apenas “brincando” com Sinatra, era uma coisa muito insensível de se dizer, considerando o fato de que a mulher de Sinatra, Barbara, ainda está bem viva. Será que Mia parou para pensar como suas “brincadeiras” podem ter sido recebidas pela viúva Sinatra? Isso também se encaixa na definição de Ronan “transgressão moral”? (Pode-se também perguntar se Woody tem uma fortuna a ser reembolsada da pensão para a criança.)

Não estou aqui para criticar Mia. Acho que é uma atriz excepcional e admiro seriamente seu ativismo político. (Até mesmo a sigo no Twitter.) Mas aqueles que odeiam Woddy “pelo que fez com Mia” hão de se lembrar que, se Sinatra é de fato o pai biológico de Ronan, não teria sido a primeira vez que Mia engravidou de um homem casado. Em 1969, aos 24 anos de idade, ela ficou grávida do músico e compositor André Previn, 40, que ainda estava casado com a cantora e compositora Dory Previn. A traição levou Dory Previn a um colapso mental e a ser internada, quando recebeu terapia de choque elétrico. Mais tarde ela escreveu uma canção chamada “Beware of Young Girls” [Cuidado com Jovens Meninas], sobre Mia. Talvez dormir com o marido de sua amiga não seja tão negativo como dormir com a filha adotiva de sua namorada, mas se você está agitando a bandeira “Never Forget” em homenagem a Mia, vamos ser consistentes e reservar um momento paralembrar também a falecida Dory Previn. (Ou, melhor ainda, vamos esquecer a coisa toda, considerando que não é da nossa conta).

###########

Mais disso ?vai no site de Carta Capital.




Postar um comentário