22 julho 2014

Remo escapou de ser salgado pelo Moto em Bragança

Laçaram o boi...
Por GloboEsporte.com/Bragança, PA
Faltou experiência. Assim o técnico Roberto Fernandes avaliou a participação do Remo na estreia na Série D, com um empate conquistado no último minuto em um pênalti sofrido e convertido por Val Barreto. O experiente atacante começou a partida no banco, e entrou no lugar do jovem Rony aos 37 minutos do segundo tempo, e evitou a derrota na volta do time à Série D.
– É uma equipe que tem valor, tem potencial, mas que precisa amadurecer. O grupo foi premiado pela persistência. Em nenhum momento fomos merecedores da derrota, mas é preciso maturidade para enfrentar um adversário veio para jogar em nosso erro. Falhamos e erramos nas finalizações, e precisamos criar um pouquinho mais – diz o técnico.
O atacante Rony foi uma das principais revelações do Campeonato Paraense e assumiu a posição de titular no ataque azulino, mas não teve sorte na partida contra o Moto Clube. Além de esbarrar na forte marcação da equipe Maranhense, Rony perdeu duas chances claras de gol, uma em cada tempo de jogo. Com o resultado negativo e a pouca eficiência das jogadas em velocidade, Fernandes se viu obrigado a mexer na equipe.
– A partir do momento em que não conseguimos o empate nós mudamos, fomos para a forma deles, três atacantes que jogam mais na área em cima dos três zagueiros deles, que saem menos para o jogo – conta Roberto. saiba mais
A mudança deu certo, e já no primeiro lance Val Barreto recebeu na área do Moto e chutou forte, mas parou na boa defesa do goleiro Ruan. Aos 44 a bola chegou pelo alto para o atacante, mas o cabeceio certeiro para as redes foi anulado pelo árbitro, que marcou impedimento no lance. Aos 49, Barreto foi derrubado na área, e chamou a responsabilidade para cobrar o pênalti e empatar a partida.
– Não era o resultado que a gente queria, mas é um resultado que fez mais justiça pelo que foi a partida. Futebol não é um esporte de justiça, é de resultado, mas se a gente perdesse hoje seria injusto. Dominamos dois terços da partida – avalia o técnico.
No próximo domingo (27), o Remo vai ao Piauí enfrentar o River no Albertão, que venceu fora de casa o Guarany de Sobral por 2 a 1 na estreia e lidera o Grupo A2.
Postar um comentário