15 dezembro 2009

Tuna Luso 0X1 Time Negra/Kyikategê- Gol flecha


O índio Aru Sompre deu uma certeira flechada na Tuna já nos acréscimos do jogo de ontem de manhã, no estádio do Souza, que garantiu a vitória por 1 a 0 para o Time Negra/Kyiakategê. O gol saiu após um vacilo da Tuna, que estava pressionando o adversário quando um chute pegou a zaga tunante desprevenida. Aru Sompre dominou a bola e saiu correndo, driblou o goleiro Kleber e entrou com tudo no gol. A comemoração durou quase cinco minutos entre jogadores do banco de reserva e o índio artilheiro.


Além da Tuna, o Time Negra/Kyiakategê também derrubou Ananindeua, Vila Rica, Castanhal e Sport Belém, saiu do nono para o quinto lugar e já briga por vaga no G-4 da primeira fase do Campeonato Paraense de 2010. Já a situação da Tuna não mudou com a derrota - a equipe segue em quarto lugar, com dez pontos.


No primeiro tempo, o Time Negra conseguiu equilibrar a partida, mas a Tuna criava as melhores jogadas. Como aos 26 minutos, quando Rodriguinho chutou com perigo. Cinco minutos, depois Paulo de Tárcio bateu rasteiro assustando o goleiro Arukape. Aos 39, o técnico Zeca Gavião trocou o atacante Mikin por outro atacante, Aru Sompre.
No segundo tempo, o time índigena começou com muita banca. Aos 6 minutos, Gil Bala chutou e Kleber rebateu. Depois foi a vez de Aru Sompre chutar por cima. Aos 9, o goleiro Arukape, num lance arrojado, se chocou com Thales Macarrão e saiu machucado. Foi substituído por Júnior.


Como o gol não saía, o técnico Carlos Lucena colocou mais dois atacantes em campo: Zé Augusto e Cássio. Os tunantes criavam chances de gols, mas erravam nas finalizações. Até que, no final do jogo, quando tinha total domínio e pressionava com insistência, o time cruzmaltino acabou sendo surpreendido com o gol de Aru Sompre no único ataque de perigo do Time Negra no segundo tempo.O Liberal Digital



Agora ,sobrou somente o desespero. faltam dois jogos e a Tuna vai ter que ganhar, ja nesta quarta-feira vai a Cameta' e se entrar no cacete, nos adeptos teremos que nos arrumarmos no que fazer em 2010.

Postar um comentário