05 dezembro 2010

“Acabou a paciência! Tolerância zero!” Tem que Honrar a Camisa Cruzmaltina contra o Time Negra


“Acabou a paciência! Tolerância zero!”
A Tuna Luso entra em campo, hoje, às 9h30, na Curuzu, disposta a se reabilitar na primeira fase do Paraense, após cair frente ao Castanhal (2 a 0), na abertura da competição. O adversário alviverde, o Time Negra, por sua vez, fará a sua segunda apresentação na condição de mandante, também buscando os primeiros três pontos. A ex-filial do Papão estreou empatando com o Sport (1 a 1). Os cruzmaltinos ocupam a lanterna do campeonato, com zero ponto, e dois gols negativos. Abaeté e Santa Rosa também ainda não pontuaram, mas levam vantagem na classificação por terem sofrido, cada um, apenas um gol na rodada passada.

A palavra de ordem entre os lusos é reabilitação. O técnico Zé Carlos, em conversa com os atletas os alertou de que o time não pode voltar a perder, sob pena de ficar mais perto da eliminação no campeonato. Pelas contas do treinador, a equipe que sofrer duas derrotas seguidas estará praticamente afastada da disputa pelas duas vagas à fase seguinte. "Não tem como, o campeonato e sem jogos de volta", observou. Nesta primeira fase cada time fará sete partidas, podendo somar 21 pontos, o que, no caso da Tuna, já não será mais possível em função da derrota para o Japiim.
. Tem que jogar bola e deixa de bla bla bla 
Zé Carlos promoveu mudanças no time. Duas delas já eram esperadas: o zagueiro Charles e o volante Analdo substituem David e Euller, suspensos. O treinador prometia na sexta-feira estudar outras mudanças na defesa - lateral direita - e meio-campo. Ele preferiu, no entanto, não adiantar quem deixaria e quem entraria no time. O anúncio ficou de ser feito ontem, após o recreativo do time, quando esta edição já havia fechado. "O que posso assegurar é que outras alterações vão ocorrer", declarou.
Tem que Honrar a Camisa CruzmaltinaO Time Negra é o quinto colocado, com um ponto, tendo 33% de aproveitamento. A equipe comandada pelo técnico Didi Pereira, recebeu mais quatro reforços, Cláudio Allax (lateral direito), Billy (lateral esquerdo), Blaya (volante) e Wellington (atacante), todos vindos do Paysandu, que, assim, segue sendo o maior fornecedor de jogadores do time. Os alvinegros esperam conquistar a primeira vitória no campeonato, tirando proveito do fator campo e ainda da necessidade de reabilitação do adversário. Os atletas relacionados para a partida encerraram os preparativos da equipe ontem com um recreativo.
Postar um comentário