30 março 2011

Rafael Oliveira, artilheiro do Brasil.

 (Divulgação) 


 

'Dá para marcar uma pá de gols ainda'


Enquanto o Campeonato Brasileiro não começa, a temporada 2011 já se aquece com os Estaduais e a Copa do Brasil. Neste embalo, um artilheiro vem se destacando na liderança do Prêmio Friedenreich, inclusive desbancando feras como Liedson, do Corinthians, Leandro Damião, convocado recentemente para a Seleção Brasileira, do Internacional, e Elano, do Santos. Não, não é em São Paulo. Tampouco no Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minais Gerais, Bahia ou Pernambuco. É do Pará, mais precisamente de Belém, o jogador que mais balançou as redes em todo o país até o momento. Rafael Oliveira, meia-atacante do Paysandu, já tem 17 gols no ano.


O atacante, de 25 anos, marcou duas vezes na vitória por 3 a 2 sobre o Cametá, na final da Taça Cidade de Belém – o primeiro turno do Campeonato Paraense -, que garantiu o Papão da Curuzu na final do Estadual. De quebra, ultrapassou o rival Leandro Cearense, do próprio Cametá, que já anotou 15.Siga a resenha no globoesporte.com 
Postar um comentário