28 novembro 2013

Acidente na Arena Corinthians

DANIEL VASQUES DE SÃO PAULO / Via Folha de S. Paulo
A última peça da cobertura que estava sendo instalada no Itaquerão desabou de um guindaste por volta do meio-dia desta quarta-feira, destruiu parte da arquibancada do futuro estádio do Corinthians e deixou mortos.
A Odebrecht, construtora responsável pela obra, confirma a morte de ao menos dois operários. O Corpo de Bombeiros fala em três vítimas.
Em entrevista para a TV Record, Mauro Lopes, major da Polícia Militar, disse que o acidente causou a morte de três pessoas.
A secretaria de Saúde da capital confirma dois mortos. Segundo a pasta, um operário continua preso às ferragens e é o único ferido ainda no local.
Sete ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estão no local. O operário ferido, assim que for resgatado das ferragens, será levado para um hospital da região.
Itaquerão
O ex-presidente corintiano e responsável pelas obras da arena, Andres Sanchez, está no local. Ele, seus seguranças e um engenheiro da Odebrecht agrediram o repórter da Folha, Daniel Vasques, após o acidente no Itaquerão.
Eles pegaram o celular do repórter, deram socos para quebrá-lo e depois o obrigaram a apagar todas as fotos tiradas do ocorrido. Depois, o expulsaram do canteiro de obras, onde Vasquez estava trabalhando.
Eles estavam nas obras do estádio em evento comemorativo à assinatira do contrato com a Caixa e o BNDES.
OBRAS
O novo estádio do Corinthians estava previsto para ser entregue em dezembro deste ano. Ele foi escolhido para sediar a abertura do Copa do Mundo de 2014.
A peça estava sendo instalada por um guindaste, no setor leste, e tem cerca de 15 metros.
No último dia 13 de novembro, a Odebrecht anunciou que 94% das obras da arena estavam concluídas.
De acordo com a construtora, a cobertura do setor leste já estava quase pronta, restando apenas os serviços de aplicação do forro.
Por meio de uma nota em seu site, a diretoria do Corinthians diz "lamentar profundamente o acidente".
INAUGURAÇÃO
Antes do acidente, o Corinthians havia anunciado que iria aproveitar o aniversário de 460 anos de São Paulo, dia 25 de janeiro, para fazer o primeiro jogo no Itaquerão. O previsto é que seria entre operários da Odebrecht e funcionários do clube.
A primeira partida da equipe principal do Corinthians deve acontecer no início de março, provavelmente um jogo do Campeonato Paulista, em um domingo. Serão usados os 48 mil lugares fixos do estádio, sem as arquibancadas provisórias.
O estádio corintiano receberá a abertura da Copa do Mundo-2014. Além do jogo inaugural da competição, será sede de mais cinco partidas do Mundial.
Itaquerão - mês a mês
PALMEIRAS
Em abril, o operário Carlos de Jesus, 34, que trabalhava na obra do futuro estádio do Palmeiras morreu após a queda de parte da arquibancada--equivalente a três toneladas. O funcionário Crispiniano dos Santos, 22, teve ferimentos leves na cabeça e no punho.
Quatro vigas da área nova, que está sendo construída onde fica localizada a velha, caíram em efeito dominó. No momento do desabamento, cinco pessoas estavam no local e três conseguiram escapar. O acidente aconteceu próximo às quadras de tênis.
Os dois eram funcionários da empresa TLMix, prestadora de serviço da construtora WTorre, responsável pela obra, para o fornecimento e montagem dos pré-moldados em concreto.
Postar um comentário