25 junho 2014

As olheiras de Honda


Nao esta fácil para ninguém...Durante quatros anos , Keisuke Honda viu o italiano Alberto Zaccheroni montar uma equipe que vivesse em torno dele.
Alguns meses antes do Mundial, Honda arrumou sua cachorrinha e se mandou da gelada em que esteve durante longos anos no futebol russo. Seguiu em busca de um molho mais adequado para suas ambições , mas sua escolha nao podia ser pior,fichou um contrato com o Milan, suas contas publicitarias aumentaram e em suas costas foram acrescentados mais pesos.
O Milan de Kaká e de Seedorf e outras cobras, jamais deveria ser uma escolha boa,nao neste atual momento. Viajar ao Brasil e se dedicar ao seu selecionado era tudo do que precisava. Honda em muitos momentos de sua carreira, esteve próximo do inferno. Mas o cara nunca entregou, sempre foi, um Valente Samurai Blue.
Mas neste Mundial Na Terra dos Papagaios, seus olhos deixaram de brilhar a medida que as rodadas aconteciam. as primeira olheiras chegaram com a virada sofrida na estreia - Japão 1-2 Costa do Marfim- o jogo mais importante de todos. depois foram aumentando contra a Grécia, quando  a esquadra Japonesa cercou a Grega intensamente e não chegou acertar o alvo uma única vez.
Em sua ultima chance na Arena Cuiabá , Honda sofreu do inicio ao fim, se de seus olhos jorraram lagrimas , nao foi possível perceber,o suor foi maior. Hondae Okazaki faziam pate do time do time do kantoku Takeshi Okada e juntos haviam avançados a partir desta fase de grupos no Mundial da Africa do Sul.Em Cuiabá alem das profundas olheiras de Honda, ficaram visíveis que o selecionado japonês ao se defrontar com times de igual tamanho, se apequenou. Jogou todas as chances na lixeira.
Quando o time precisava estar na frente, eles chegavam, mas as balizas existem para serem ultrapassadas e isso não aconteceu. enfrentando a Costa do Marfim, experimentaram usar o contra ataque, nada e mais nada...
O Colômbia 4-1 Japão foi humilhante para as pretensoes do futebol japones, Ver os colombianos colocarem seu time reserva, nao foi nada comparado a homenagem feita ao seu terceiro goleiro. Os cafeteiro deram a entender que ganhariam a hora que bem entendesse e isso aconteceu.Doeu!

 
A equipe saiu do arquipelogo como sendo a equipe mais talentosa de todos os tempo, esta voltando como umas das mais infantis em Mundiais.Melhor apagar tudo e tentar fazer um desenho diferente, que tal um Made In Japan...
Frases de Honda, sobre seu futuro
Tudo o que eu tenho e o futebol,e eu somente sei jogar de um jeito
- eu acho que vai ser debatido no futebol japones e nao ha nenhuma maneira em torno dela. Perdemos, entao qualquer coisa que eu diga agora vai soar como desculpa-


Postar um comentário