27 junho 2014

Os "SE" que fizeram os descobridores voltarem cedo para casa


Quando Portugal sacou a calculadora da gaveta, as contas estavam complicadas.Mas no futebol o "SE" sempre que as coisam anda mal,ele sempre vai ser usado.
Se aquele penal duvidoso não tivesse sido marcado..
Se Pepe não tivesse enlouquecido..

Se Paulo Bento em vez de levar um enfermaria ao Brasil,tivesse levado uma turma de jovens ,dispostos a suar e se indisporem com o uso de caneleiras..

Se as regras da FIFA fossem mais justas...
Se Cristiano Ronaldo não estivesse baleado..
Se não houvesse telões..e nem americanos jogando Soccer.
Não foi por falta de "SE" que morreram abraçados..


Portugal amanheceria chutando bolas na baliza de Gana e elas teimosamente não entrariam, o pano baixou de uma forma nunca esperada por milhares de adeptos no Mundo,por ter Cristiano Ronaldo, o time das quinas,tinha um outro olhar.
Caíram em um grupo que não era uma garapa, mas também não existia um grau de dificuldade tao intransponível, ter um Bola de Ouro na equipe acabou escondendo as muitas feridas do grupo.
No melhor da festa Portugal teve que se retirar, depois do suicídio contra a Alemanha e o empate diante dos EUA, o jogo contra Gana parecia que podia por o time de volta aos trilhos.
Mané Garrincha não merecia uma desta...uma visita para esquecer.
Postar um comentário